Gráfica e Editora Moura Ramos: livros, revistas, embalagens, sacolas, agendas e impressos em geral.: 27 de Agosto - Dia do Corretor de Imóveis Google+

sábado, 27 de agosto de 2016

27 de Agosto - Dia do Corretor de Imóveis




O corretor de imóveis tem que se preparar para ser o senhor do mercado imobiliário. O técnico do mercado.

Há de saber tudo, ou quase tudo, sobre imóveis: avaliação, preço, condições usuais, locação, administração, permuta, sobretudo, a relação entre o tipo e o valor de construções e de terras, a influência da localização sobre a produção de renda, imóveis comerciais, industriais, residenciais, "shoppings", galerias, arquitetura e denominações em voga.

Nenhuma alteração na área passar-lhe-á desapercebida: taxa inflacionária, métodos de correção, situação real da economia do País, financiamentos, tendências, tipos de câmbio em uso no País, flutuações da paridade dólar-real, inconveniências da fixação de preço em moeda estrangeira.

O Corretor de Imóveis terá que conhecer também tudo que repercute e se relacione com a aquisição, venda, locação, arrecadação, empréstimo, na prática da economia brasileira, sobretudo na questão das taxas de juros nos financiamentos.



Ao orientar um novo loteamento, é de seu dever evitar futuras enchentes, deslisamentos de terra, queda de barreira e outros sinistros, freqüentes em invasões de áreas de risco e preservação ambiental. A ação do corretor moderno deve emparelhar-se com a das autoridades governamentais em termos preventivos, não contribuindo nem sendo conivente com aqueles que jogam esgotos in natura nos cursos d'água, ou despejem efluentes industriais sem tratamento ou deixem lixo abandonado a vazar para os rios. O corretor de imóveis é um soldado da defesa do meio ambiente. Com sua participação, ou sua omissão também não haverá desmatamento, sobretudo nas margens dos rios, aquele que provoca assoreamento.

Fonte: UFGNet