Gráfica e Editora Moura Ramos: livros, revistas, embalagens, sacolas, agendas e impressos em geral.: 24 de Setembro - Nossa Senhora das Mercês Google+

sábado, 24 de setembro de 2016

24 de Setembro - Nossa Senhora das Mercês

O Dia de Nossa Senhora das Mercês é comemorado no dia 24 de setembro, data em que se comemora a invocação à Virgem e os fieis relembram um pouco da história e dos milagres da Santa.

Quando começou a invocação das Mercês?

Tal invocação (das Mercês) tem início em 1218. Para entender melhor, vamos relembrar a história: foi nesse ano que os maoemetanos dominavam parte da península Ibérica e faziam incursões às terras francesas italianas, assaltando as embarcações que estavam por aqueles mares. O objetivo desse povo era roubar, matar e levar o cativeiro da África, incluindo os homens, mulheres e crianças que ai se encontravam. 

Os cristãos presos eram escravizados e só podiam livrar-se dessa vida ao renunciarem a fé Católica e ao abraçarem as doutrinas e costumes muçulmanos. Diante de tamanho sofrimento, muitos renunciavam às crenças em Cristo e na Igreja para se submeterem a Maomé e seus costumes. 

Porém, aqueles que mantinham a fé, acreditavam na Virgem Maria como a salvadora dos cristãos. Por conta da escravidão, a imagem se resume em anjinhos acorrentados aos pés de Nossa Senhora das Mercês.

Com tanta fé e sofrimento, a mãe do catolicismo aparece a três jovens (Pedro, Raimundo e Jaime), convidando-os para que estes fundem uma Ordem, encarregada de socorrer os cristãos e ajudá-los a manter a fé e os costumes. 

Quando os três moços levam a notícia ao Bispo focal, este envia ao Papa, que autoriza Pedro, Raimundo e Jaime a fundarem a "Ordem de Nossa Senhora das Mercês". Então, no dia 10 de agosto do mesmo ano (1218), o Bispo de Barcelona - D.Berenguer de Palou - na presença do rei Jaime I de Aragão, Pedro Nolasco e muitos outros entregavam as suas vidas a Deus, para dedicarem-se à Redenção e ajuda dos cristãos na escravidão dos maometanos.

A Ordem nasceu, cresceu e espalhou-se pelo mundo inteiro, resgatando os cativos. 

O que o dia de Nossa Senhora das Mercês representa atualmente

A festa de Nossa Senhora das Mercês é celebrada no dia 24 de Setembro, afim de conscientizar os cristãos e lembrar a todos que, embora atualmente não exista escravidão no sentido literário, há outras formas de escravizar-se, como consumismo, comodismo, secularismo, individualismo, depressão, ansiedade, vício, segregação da sociedade e outras maneiras de tornar um indivíduo escravizado. 

Por isto, hoje em dia é pedido que Nossa Senhora das Mercês interceda e ajude a todos a vencer as escravidões dos dias atuais, que se multiplicam e se modificam a cada dia. Ela, a Virgem Maria, que deu ao povo a grande mercê, seu filho Jesus Cristo. 

A Imagem de Nossa Senhora das Mercês

Como foi dito, os anjinhos acorrentados aos pés da Nossa Senhora das Mercês, representa a escravidão de 1218, até a escravidão dos dias atuais. A Imagem foi esculpida no porões da Igreja lmaculada, dos Freis Capuchinhos de São Paulo e foi coroada no dia 29 de setembro de 1929, na Igreja das Mercês.