Gráfica e Editora Moura Ramos: livros, revistas, embalagens, sacolas, agendas e impressos em geral.: 27 de Setembro - Dia do Cantor Google+

terça-feira, 27 de setembro de 2016

27 de Setembro - Dia do Cantor

É irresistível cantar no banheiro, e quase todos nós sabemos disso. Daí a ter dotes naturais de cantor ou profissionalizar-se, é uma outra história. Como qualquer outra profissão, a de cantor não foge ao trinômio "esforço, dedicação e perseverança", que rege o caminho do sucesso. Ser cantor não é simplesmente saber cantar; é sentir a música, sofrer e se alegrar com ela. O cantor precisa, acima de tudo, entender o propósito do compositor no momento em que a música foi escrita, e passar para o público esse sentimento.
O verdadeiro cantor precisa manter suas características individuais mesmo quando interpreta a música de outro artista. Precisa ter empatia com o público e ter consciência de que sua função é passar uma mensagem, fazendo uso da beleza melodiosa de sua voz.
O que é levar a sério a profissão de cantor/ cantora?

1º - Seja pontual.

Sim, uma das coisas que um respeitado profissional faz é aparecer na hora marcada para entrevistas, ensaios, gravações, performances e, claro, aulas de canto!

Se um cantor/ cantora não consegue ser pontual nas suas aulas de canto, como espera ser pontual na sua vida profissional?

2º - Faça sua "lição de casa".

A prática é uma das coisas mais importantes, senão a mais importante de sua carreira profissional.

Levar a sério suas horas diárias de prática vocal só irá trazer benefícios para você como profissional, pois por maior que seja o dom natural que você tenha, ele é um diamante bruto que precisa ser lapidado.
Saber disso e continuar praticando para seu aprimoramento é o que vai diferenciá-lo de um amador!

3º - Sempre faça o melhor que puder e tenha mais a oferecer do que as pessoas esperam de você.

E, sempre que puder, faça mais do que é solicitado, dê mais de si! Isso irá diferenciá-lo, torná-lo mais que um profissional, um profissional brilhante!
Nunca faça nada mais ou menos ou de má vontade. Se você achar que precisa de ajuda não se sinta envergonhado de solicitá-la.

4º - Tenha uma atitude profissional.

Em relação ao seu trabalho, às pessoas com quem você trabalha e com você mesmo.
Muitas vezes ouvimos falar de artistas que vendem muitos discos e fazem muitos shows, mas que são extremamente temperamentais, ou estão sempre atrasados, ou são irresponsáveis em seus contratos de trabalho.
Mesmo com toda a fama e dinheiro desses artistas eles acabam por criar uma má reputação que atingirá mais dia ou menos dia suas vidas profissionais.
Fonte: UFGNet