Gráfica e Editora Moura Ramos: livros, revistas, embalagens, sacolas, agendas e impressos em geral.: 09 de Outubro - Dia do Açougueiro Google+

domingo, 9 de outubro de 2016

09 de Outubro - Dia do Açougueiro

Vamos conhecer um pouco da profissão de açougueiro?

Sempre que pensamos no tradicional e suculento churrasco ou nos pratos gourmet que levam carnes raras e saborosas, pensamos diretamente no chef, quando na verdade estamos primeiramente contemplando o açougueiro. 

Não é só o modo de preparo, a precisão dos cortes também é uma etapa importante na hora de garantir qualidade, sabor e sofisticação à receita.

Por isso, comemoramos no dia 09 de Outubro o Dia do Açougueiro. Um açougue deve contar com profissionais qualificados e atentos às exigências de cada tipo de carne. São estes cuidados que oferecem prestígio ao estabelecimento e ao produto, tornando-os muitas vezes a preferência da região.

Neste caso, o tamanho do estabelecimento nem conta tanto, mas sim a competência dos profissionais e do serviço oferecido. Nesta profissão, os cuidados com a saúde humana começa pelo cuidado com a saúde da carne, isso envolve higiene e muita atenção. Pois um produto oferecido em más condições, pode comprometer a saúde do cliente, o que resultaria em sérias complicações para ambos os lados.

Por isso, a profissão exige tanta atenção. Afinal, estamos falando de um suprimento básico presente na alimentação diária da grande maioria da população mundial.

História da profissão

A palavra “açougue” é um vocábulo de origem árabe (as-soq), que significa mercado ou feira. Foi usada para designar as casas de vendas de carnes. Já na língua portuguesa a palavra aparece pela primeira vez em 1254, na forma de “azougue”, segundo o Dicionário Etimológico da Língua Portuguesa, de José Pedro Machado.

Com o passar do tempo, o vocábulo evoluiu para “aaçougue”, para então finalmente passar para o atual açougue. Há muito tempo atrás, os açougues medievais eram localizados em casas familiares e o trabalho era quase artesanal. Graças à evolução das técnicas da profissão atreladas às tecnologias, o açougue passou a ser um comércio especializado, que exige formação bastante extensa.

Hoje, o ramo conta com critérios rigorosos que exigem segurança, bem-estar e saúde aos funcionários e clientes. Fiéis companheiros Alguns equipamentos são insubstituíveis na profissão e, por isso, são considerados os “fiéis companheiros” dos açougueiros. A serra, a embaladora e o moedor são alguns deles. E todo bom profissional, merece um bom equipamento.

Aproveite o dia para parabenizar o seu açougueiro de confiança! Ele merece este carinho, afinal, quantos bons churrascos ele já não garantiu na sua mesa?