Gráfica e Editora Moura Ramos: livros, revistas, embalagens, sacolas, agendas e impressos em geral.: 25 de Outubro - Dia do Dentista Google+

terça-feira, 25 de outubro de 2016

25 de Outubro - Dia do Dentista


O Dia Nacional do Dentista coincide com a assinatura do decreto 9.311 que criou os primeiros cursos de graduação em odontologia no país, especificamente nos estados da Bahia e Rio de Janeiro.

Através de uma portaria do Conselho Federal de Odontologia, a data passou a homenagear quem se dedica à profissão no Brasil.

O QUE FAZ?

Quem pensa que dentista só cuida dos dentes se enganou. Também trata dos problemas da gengiva, boca e ossos da face. Na verdade, ele cuida da saúde bucal como um todo, além da parte estética. Dentre as funções, pode fazer restaurações, obturações, projetar e instalar próteses e dentaduras.

Pode exercer a profissão como clínico geral ou seguir uma especialidade, como, por exemplo:
  • Cirurgião-dentista: Realiza cirurgias
  • Endodontista: Trata da polpa e da raiz dos dentes.
  • Implantodontia: Faz implante de próteses nos maxilares
  • Estética: Corrige a posição dos dentes e faz clareamento
  • Periodontista: Trata as doenças da gengiva e dos ossos da boca
  • Ortodontista: Faz alterações estéticas, na mordedura e na posição dos dentes através do uso de aparelhos dentários
  • Odontopediatria: Cuida especificamente de doenças de crianças
  • Traumatologia e cirurgia bucomaxilofacial: Diagnostica e trata doenças, lesões e traumas na boca, maxilar e face.
CURSO

Como os demais cursos na área de saúde, o de odontologia é longo, durando, geralmente, cinco anos. No ciclo básico, há disciplinas como anatomia, patologia e fisiologia. Na parte profissionalizante, o aluno tem aulas de farmacologia, cirurgia, prótese e traumatologia. E logo no segundo ano treina obturações em bonecos.

OS DENTES E SEUS INIMIGOS

Presos aos maxilares inferior e posterior, os dentes são estruturas calcificadas que fazem a mastigação dos alimentos. Sua parte externa é coberta pelo esmalte, que é a substância mais dura. Sob ele, encontra-se uma substância óssea chamada dentina. Tem a polpa dental que é um tecido conjuntivo frouxo composto de nervos e o cemento que prende a raiz e liga o dente à gengiva e à mandíbula.

A cárie só aparece quando uma bactéria que se acumula com outras, ficando presa ao dente e à gengiva. Essas bactérias formam a placa bacteriana que transforma os restos de alimentos, principalmente os que contém açúcar, em ácidos prejudiciais aos dentes. Eles atacam o esmalte até abrir um "buraco" que é a cárie num processo conhecido como desmineralização.

DICAS PARA HIGIENE BUCAL
  • Com a saúde da boca não se brinca!
  • Preste atenção nas dicas para manter uma boa higiene bucal:
  • Não sopre o alimento para esfriá-lo para não contaminá-lo com bactérias.
  • Use o fio dental ou fita dental pelo menos uma vez ao dia para limpar as superfícies não alcançadas pela escova.
  • A escova de dentes deve estar sempre em bom estado, com cerdas macias e pontas arredondadas. Se as cerdas ficarem tortas, a escova deve ser trocada.
  • A pasta dental não deve ser ingerida, pois contribui para a fluorose, problema relacionado com o consumo em excesso de flúor.
O descuido com os dentes e gengivas pode causar doenças graves como a endocardite bacteriana causada por uma bactéria que se aloja nas válvulas do coração. Para se prevenir, escove os dentes após as refeições; faça remoção periódica de tártaro; use fio dental e informe ao dentista caso seja portador de qualquer anomalia cardiovascular.

Fonte: Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística