Gráfica e Editora Moura Ramos: livros, revistas, embalagens, sacolas, agendas e impressos em geral.: Qual a importância de ter um website responsivo? Google+

quinta-feira, 24 de novembro de 2016

Qual a importância de ter um website responsivo?

O crescimento dos dispositivos móveis aliado à necessidade de mobilidade das pessoas, tem exigido uma mudança de postura por parte das empresas investir em um site responsivo pode ser a solução. Ver no navegador 

Em abril deste ano o telefone celular tornou-se, pela primeira vez, o principal aparelho de acesso à internet nos domicílios brasileiros, superando os pcs, segundo dados divulgados pelo próprio IBGE.

Como não é possível garantir que o cliente esteja em frente a um desktop no momento em que ele mais precisa de você, a solução é investir em um site responsivo, privilegiando o acesso por meio de uma plataforma mobile, ou seja, um site que se adapta automaticamente a qualquer tamanho de tela, permitindo que o seu cliente entre em contato com a sua empresa de onde quer que ele esteja.

E além do fato de que os brasileiros estão usando mais a internet via smartphone do que via pc, quais outros fatores beneficiem empresas que possuem websites responsivos?

A usabilidade e a satisfação do cliente

É fato que praticamente todos os sites podem ser acessados via dispositivos móveis, mas quantos deles realmente são funcionais em uma plataforma mobile? A usabilidade ou facilidade com que o seu cliente acessa menus, textos e imagens no seu site é imprescindível para que você o mantenha satisfeito com a sua empresa. Primar pela qualidade da interação que os seus clientes têm com este canal de comunicação tão importante reflete a preocupação da sua empresa em prestar um bom atendimento, elevando sua estima frente ao mercado.

Termos como UX (User Experience) são cada vez mais recorrentes no universo mobile, justamente porque o que as pessoas buscam são experiências únicas, exclusivas e facilitadas pela tecnologia. Em uma plataforma mobile como um smartphone, não temos a mesma destreza e espaço para interação que em um notebook, o que requer adaptações inteligentes para que o usuário possa acessar o seu site com uma única mão, por exemplo.

Essa tendência é tão verdadeira que o Google, desde abril de 2015, privilegia os sites responsivo em seus resultados de busca, já que um dos grandes objetivos da empresa é promover experiências cada vez mais ricas para os seus usuários.

As penalidades de quem ainda não tem um site responsivo Além de perder um bom posicionamento no Google, a empresa que ainda não investe em mobilidade para o seu site tem outras barreiras a enfrentar, como a redução do número de visitas. Conforme o número de smartphones, eles se tornam a primeira tela de interação dos usuários, deixando de lado os desktops e notebooks como ferramentas de acesso à internet.

Com um design responsivo você amplia o alcance da sua marca, ultrapassa as barreiras geográficas e tecnológicas e coloca sua empresa frente a frente com seus clientes, sem entraves. Se você ainda não tem um site preparado para uma plataforma mobile, chegou a hora de investir nessa solução!

Fonte: Agência digital e http://www1.folha.uol.com.br