Gráfica e Editora Moura Ramos: livros, revistas, embalagens, sacolas, agendas e impressos em geral.: 02 de Dezembro - Dia Pan-americano da Saúde Google+

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

02 de Dezembro - Dia Pan-americano da Saúde

O Dia Pan-americano da Saúde tem sua comemoração no dia 2 de dezembro, uma data em que todo o Continente Americano é mobilizado em torno de campanhas preventivas e educativas em busca da melhoria da saúde, da qualidade de vida e do bem estar da população.

Para o Brasil é uma data que merece comemoração, principalmente por haver obtido, nas últimas décadas, a erradicação de diversas doenças através de campanhas de vacinação e de campanhas de esclarecimento público sobre a necessidade das vacinas.

Depois de décadas de ataques de epidemias das doenças como varíola, febre amarela, poliomielite, sarampo e catapora, o Brasil é hoje um país que possui grande controle sobre essas doenças, com a implantação de calendários obrigatórios de vacinação infantil, mantendo esse controle durante os primeiros anos de vida das crianças através de carteiras de vacinação e de sua exigência para que a criança possa ingressar nas escolas de educação infantil.

A estratégia trouxe excelentes resultados, tendo sido o Brasil um dos países onde houve a erradicação de doenças oportunistas para a infância. A erradicação da poliomielite, conhecida popularmente como paralisia infantil, é o maior exemplo de sucesso em campanhas de vacinação.

A pólio pode se tornar uma doença letal, sendo causada por um vírus que atinge o sistema nervoso e destrói neurônios motores, levando a criança à paralisia ou a deixando com sequelas para o resto da vida. A Organização Mundial da Saúde considerou e registrou a erradicação da poliomielite em nosso país em 1994.

Mas não é apenas necessário erradicar: é preciso também manter a prevenção. Assim, existe um órgão federal responsável pelo controle, o CGPNI? Coordenação Geral do Programa Nacional de Imunizações, que ainda mantém a vacina aos 2, 4, 6 e 15 meses de vida das crianças, tendo o reforço anual durante as campanhas de vacinação até que a criança atinja os 5 anos de idade.
A importância de vacinar as crianças

A manutenção da saúde é o principal objetivo das campanhas de vacinação. Nesse particular, o Brasil é um dos países que mais se preocupam, oferecendo gratuitamente a vacina e conscientizando a população sobre sua necessidade.

Ainda temos longo caminho a percorrer, principalmente por haver regiões mais afastadas dos grandes centros, onde os índices de vacinação não atingem as metas estabelecidas nas campanhas, deixando muitas crianças sem serem vacinadas.

O investimento nas campanhas, portanto, ainda é bastante necessário, considerando que a vacinação é um dos mais importantes instrumentos para a manutenção da saúde pública, podendo proteger um grande número de pessoas em pouco tempo e conseguindo barrar a disseminação de diversas doenças, através de um simples ato, por toda a vida.

Não se trata, contudo, apenas da vacinação. As crianças precisam ser educadas, tanto na família quanto na escola, com relação à manutenção de uma vida saudável, com incentivos ao esportes e às atividades físicas, mantendo uma alimentação natural e saudável, preservando, dessa forma, a saúde conseguida nos primeiros anos de vida.
Como surgiu o Dia Pan-americano da Saúde

O Dia Pan-americano da Saúde teve sua instituição em 2 de dezembro de 1941, com o Decreto-Lei n° 8.289. A data foi sugerida pela Organização Pan-americana da Saúde (OPAS), criada em 1902 e constituída por representantes de todos os países das Américas, para conscientizar as pessoas com relação aos cuidados com a saúde, com as condições de vida e com sua manutenção.