Gráfica e Editora Moura Ramos: livros, revistas, embalagens, sacolas, agendas e impressos em geral.: Redes Sociais: Necessidade ou Vício? Google+

domingo, 5 de março de 2017

Redes Sociais: Necessidade ou Vício?


O assunto tratado no artigo "As redes sociais digitais: necessidade ou vício?" é extremamente sério e polêmico. Afinal as redes sociais digitais são necessidade ou vício? É inegável que as pessoas estão cada vez mais sedentas por tecnologias e pela rápida evolução da mesma. 

Basta pensar que há poucos anos, o maior atrativo tecnológico eram os computadores e as maiores preocupações estavam na saúde dos usuários por passarem grande parte do dia sentada em frente ao computador, buscando atualizar suas redes sociais, formas de interações através de jogos, e descobrindo novas redes sociais.


No entanto destaca-se atualmente o crescente uso por dispositivos móveis, usado a todo o momento e em qualquer lugar por grande parte da população. O problema observado agora é o uso constante dos celulares, em locais inapropriados, como por exemplo: bares (onde deveriam ser frequentados para interações com pessoas em volta), casamentos e festas, e até mesmo no momento em que se atravessa ruas, fazendo com que o usuário perca sua atenção para coisas importantes.














Percebe-se dessa forma que as redes sociais e até o meio em que são transmitidas possuem prazo de validade, como é destacado no artigo, pois a rede social mais usada no momento, o grandioso “facebook”, começa a perder espaço por redes socais mais atrativas. Nota-se então que a necessidade não é apenas por interação e comunicação, mas também por inovação constante.

Infelizmente o vício de não conseguir se desligar nem por um momento de seus dispositivos móveis tem acarretados sérios problemas como: psicológicos de vícios e isolamento social, (já que cada vez mais cedo as crianças se apegam e começam a mexer em dispositivos móveis), e também sério riscos à saúde provocado pela radiação e ao contato direto com os aparelhos, causando problemas de visão, tendinite, dor nas costas, ansiedade, entre outros.

Por outro lado, não da para ignorar as vantagens e o lado fantástico dessa tecnologia que possibilidade comunicação em tempo real, compartilhamento de imagens, fotos, comentários, grupos de interação, uso de ferramentas em beneficio da educação entre outras coisas.

Fala-se que nunca se escreveu e leu tanto como nos dias de hoje, pois o acesso a matérias do interesse de cada usuário é cada vez mais fácil de ser acessado independente de qual sejam esses conteúdos.

Sabe-se que existem cada vez mais pessoas viciadas em redes sociais, principalmente, como já destacado, por estarem disponíveis em celulares e tablets, que podem ser levados para qualquer lugar, com acesso a todo e qualquer momento.

Por isso é importante saber dosar o uso dessas tecnologias de comunicação, para que seus benefícios possam ser usados de forma consciente, e principalmente ter um cuidado em relação às crianças, que estão crescendo e interagindo cada vez menos com outras crianças. Interações pessoas serão sempre importantes para os seres humanos, a tecnologia precisa ser vista como uma ferramenta de apoio, comodidade e facilidade e não como escravidão e dominação.