Gráfica e Editora Moura Ramos: livros, revistas, embalagens, sacolas, agendas e impressos em geral.: 2018 Google+

sábado, 18 de agosto de 2018

Dicas de como tirar fotos profissionais usando o celular

Resultado de imagem para linda garota instagram

Vocês já olharam para a foto daquela pessoa que você admira e pensou "NOSSA QUE FOTÃO!"? Então, essas pessoas tem uns truques de fotografia indispensáveis e hoje iremos conferir alguns deles!


1. Coloque o celular na maior resolução

Tem celulares em que é possível aumentar/diminuir a resolução da câmera. Sempre coloque na maior opção.

2. Tire a foto com a câmera traseira do celular

A câmera traseira do celular sempre é melhor que a câmera fronteira, então use e abuse!

3. Limpe a lente do celular

Nós deixamos o celular em vários lugares podendo sujar a lente do mesmo. Então para não prejudicar sua foto, sempre limpe a lente.


4. Mantenha distância de 1,5 cm da pessoa/objeto

Quando você se aproxima muito, as formas da pessoa ou objeto se distorcem.

5. Hora Mágica

Para tirar fotos de paisagens sempre escolha meia hora antes e depois do nascer e pôr do sol. Nesses períodos, as luzes ficam difusas e as sombras mais suaves. Uma outra coisa também é sempre ver o clima da sua cidade, em dias de verão a partir das 13h da tarde a luz fica ótima para selfies!

6. Use a luz a seu favor

A luz é essencial para fotos. Quando for tirar a foto, opte por ambientes claros e sempre fique de frente com a luz. Para selfies, experimente tirar de frente para a janela do seu quarto!


7. Não use ZOOM

O zoom do celular costuma ser digital e deixa a foto tremida e sem qualidade. Se for tirar alguma foto de algo ou pessoa que esteja longe, se aproxime mais para garantir um bom click.

8. Não use muito filtro

Os filtros existem para melhorar suas fotos, mas quando é usado em excesso, o efeito é reverso. No facetune tem a opção de Branquear que é usado por muitas pessoas no Instagram para branquear as fotos e deixar o feed claro. Se você quiser branquear sua foto, ok, mas não abuse da ferramenta para não deixar um efeito forçado.

9. Não use flash

Se o ambiente não precisa de flash, não use. E se o ambiente for escuro, opte pela câmera traseira para usar o flash, a foto ficará melhor.


10. Tire várias fotos

É sempre bom tirar várias fotos de ângulos diferentes para ter um resultado melhor e dinâmico.

11. Composição

Sempre devemos ficar atentos ao que tem no plano de fundo da foto pois ele é tão importante quanto o que está em primeiro plano.

12. Regra dos terços

Sempre que for tirar uma foto imagine um jogo da velha na câmera. Os principais detalhes deverão ficar onde as linhas se encontram.


Neste post encontram-se fotos tiradas utilizando as dicas acima, a maioria sem edição. Só a primeira foto, a segunda e a última que estão com filtro, de resto tudo está sem corte e edição..

É simples fazer uma boa foto, basta seguir essas dicas que vai virar sucesso!


sexta-feira, 17 de agosto de 2018

Veja 30 atitudes de quem está com o amor-próprio em dia

Resultado de imagem para amor proprio

Amor-próprio é aquele sentimento de estima, dignidade ou respeito que cada um tem por si mesmo.

Muitos ainda confundem amor-próprio com egoísmo.

O egoísmo é um sentimento que faz com que você faça qualquer coisa para se beneficiar, independente se irá ferir ou prejudicar outro ser humano.

O amor-próprio é diferente.

Se trata da capacidade de amar a si mesmo e, dessa forma, agir em prol do próprio bem-estar, da felicidade e da satisfação pessoal.

Confira a lista de atitudes de quem transborda amor-próprio.


1. Não aceitar desculpas se elas não vierem acompanhada de ações.

2. Colocar o cuidado próprio no topo da lista de prioridades. Ter mais ambição por seu próprio bem-estar do que por dinheiro.

3. Não tentar sempre ser um pacificador. Não sofrer com a guerra de outras pessoas. Não mais sentir a necessidade de suavizar todas situações que saem do controle, tornando-se um pessoa que permanece em paz enquanto outras pessoas se encontram em conflito.

4. Não consentir enquanto pessoas reclamam de suas vidas. Não participar mais de conversas com muita negatividade, ou falar mal dos outros.

5. “Sumir” da vida de algumas pessoas para quem você não deve explicação alguma. Isso mesmo, a forma mais madura de agir é dizer à pessoa de quem você está se afastando os motivos por trás dessa decisão. Porém, alguma vezes, a melhor coisa a ser feita é cortar relações repentinamente, especialmente com pessoas que podem agir de forma ofensiva ou agressiva.

6. Não mais tentar justificar cada ação tomada. Não explicar os motivos pelos quais você terminou seu relacionamento, ou por que deixou sem antigo emprego. Sem mais racionalização para coisas que não precisam. Outras pessoas não precisam aprovar seus motivos para que sua decisão seja válida.

7. Não responder mensagens imediatamente. Não se trata de grosseria, mas sim de viver o momento. Tentar não ser um consumidor sem cérebro agarrado a seu iPhone o tempo todo, rolando a tela sem parar durante o jantar e consumindo mente e força vital com assuntos de outras pessoas.

8. Ir para casa quando tiver vontade. Em primeiro lugar não sair, caso você já saiba que não quer, sem precisar elaborar desculpas para não ir. Um “Não, obrigado. Hoje ficarei em casa” não se trata de uma negociação, e sim de uma declaração.

9. Ter o controle sobre a fala. Corrigir as pessoas quando falam mal ou têm suposições erradas sobre você e sua vida.

10. Destruir a expectativa de outras pessoas. Você não deve nada ao que outras pessoas querem e esperam de você. A perspectiva das outras pessoas sobre você é algo que te limita, e viver em função disso faz de você pequeno.

11. Mudar de ideia. Você não deve nada ao seu eu mais novo e você não está falhando por não estar mais procurando realizar aquele sonho que já superou.

12. Manter-se fora de discussões on-line, pois os problemas do mundo não serão resolvidos na seção de comentários da linha do tempo do Facebook do seu tio.

13. Envolver-se em discussões online que forem pertinentes, pois a complacência foi o que nos fez chegar onde estamos.

14. Não se envolver em relacionamentos com pessoas de quem você não gosta realmente. Você não deve sua energia a ninguém e perceber isso é diferente de ser mal educado.

15. Não beber até cair quando estiver chateado(a).

16. Não aceitar a ideia de que para estar em paz consigo mesmo(a) é preciso consumir exageradamente alguma substância.

17. Parar de se importar se as pessoas julgam seu estilo de vida e escolhas como corretas, legais, sábias ou não.

18. Compartilhar o que quiser online, sempre que quiser.

19. Dizer “não” quando a resposta for “não”.

20. Ser criativo sem se importar com a reação das outras pessoas.

21. Dizer “eu não sei” quando a resposta for “eu não sei”.

22. Mostrar o corpo, mesmo quando as outras pessoas não o julgam como um corpo bonito ou saudável.

23. Não ser malvado(a) com as pessoas quando tem algum problema consigo mesmo.

24. Não mais tentar convencer todas as pessoas a gostarem de você.

25. Se apaixonar por algo que ninguém mais é apaixonado(a).

26. Assumir a responsabilidade da próprio vida. Não ficar apenas à margem das coisas esperando uma oportunidade de alguém.

27. Não priorizar as pessoas que te tratam como apenas mais uma opção.

28. Não se fazer de vítima.

29. Não ficar preso a hábitos ruins, preguiça ou falta de vontade.

30. Não dar valor a como as pessoas enxergam sua vida.

Este artigo é uma tradução do Awebic do texto originalmente publicado em Thought Catalog.

Você se identifica com essa lista? Conhece alguém que transborda amor-próprio?

Comente e compartilhe sua opinião com a gente. Compartilhe esse conteúdo com seus amigos. :)

quinta-feira, 16 de agosto de 2018

Porque a sua internet está lenta?

Resultado de imagem para internet lenta

Todos nós pelo menos uma vez, já sofremos com problemas causados pela internet lenta. A conectividade constante traz muitos benefícios para a sua vida pessoal e também no trabalho, por isso quando existe algum problema que atrapalhe essa conexão, fica perceptível o quanto somos dependentes da tecnologia.

Parece que a internet falha sempre na hora em que mais precisamos dela e muitas vezes não sabemos o motivo do problema e nem como resolvê-lo, causando uma situação preocupante e embaraçosa.

Esse problema se agrava quando a velocidade na conexão no nosso ambiente de trabalho é comprometida, pois cada vez mais empresas dependem da internet para acessar produtos, fechar negócios e atualizar planilhas por exemplo, o que pode prejudicar toda a rotina de trabalho.

FATORES QUE INTERFEREM NA VELOCIDADE DA INTERNET

O transtorno da internet com baixa velocidade pode acontecer por inúmeros motivos. Como ela é construída sobre centenas de diferentes tecnologias que tentam conversar entre si, há muitos lugares onde os dados podem ficar um pouco mais lentos antes de alcançar a tela do seu computador. Antes de acionar o seu servidor de internet é necessário se atentar a outros fatores que podem estar prejudicando a sua conexão. 

Confira a seguir algumas dicas de especialistas:

Esteja atento aos seus aparelhos

Um fio solto, uma tomada mal conectada ou uma fonte defeituosa por exemplo, podem ser a causa do problema. É importante verificar as conexões e reparar se não há variações demais na rede elétrica da sua casa. Evitar o uso de adaptadores T (benjamins) para conectar seu roteador evita diminuição da velocidade. Compre um filtro de linha ou estabilizador para ligar seus aparelhos nele e, preferencialmente, tenha um nobreak para seus aparelhos eletrônicos. Linaldo alerta também para ser cuidadoso no manuseio dos equipamentos para não danificá-los ou desconectar algo.

Configuração da conexão

Cheque se seu modem ou roteador não estão configurados corretamente. Se o problema não for esse, você pode ligar para sua provedora de serviços de internet e pedir uma reconfiguração da conexão a internet, que pode ser feita realizando um “reset” da conexão.

Verifique a conexão

Outro fator decisivo e que também afeta a velocidade da internet é o número de dispositivos conectados ao mesmo tempo. Na maioria dos lugares há pelo menos uma conexão por pessoa, às vezes mais. Como consequência, a rede fica sobrecarregada e a internet lenta.

Algumas atitudes fazem a diferença, como o posicionamento do seu roteador. É recomendável manter o roteador em uma lugar alto e central, assim o sinal vai se espalhar melhor no ambiente.

Algo muito comum que prejudica a velocidade de sua conexão são pessoas se conectando na sua rede Wi-Fi sem seu consentimento. Para resolver é só você mudar ou criar uma senha WPA2 no seu roteador. Se você não sabe como mudá-la, peça ao seu provedor de internet para fazer isso remotamente ou procure um guia na internet sobre como pode ser feito.

Problemas com o provedor

Às vezes o problema da internet é com o seu provedor. Quando você perceber que o problema não é com os seus aparelhos, ligue e peça para fazer um teste de velocidade. Explique a situação e peça para um técnico visitar sua residência ou empresa, verificar a velocidade e identificar o motivo da velocidade lenta.

Alguns tipos de internet têm a probabilidade maior de ter algum problema, como é o caso da internet via rádio, que utiliza ondas de rádio frequência para transmitir o sinal de conexão aos computadores, e que pode ter problemas de acordo com a distância, condições climáticas e quantidade de pessoas utilizando. Por isso, é importante verificar a internet ideal, garantindo uma conexão segura.

COMO RESOLVER O PROBLEMA DE INTERNET LENTA

Se sua empresa ou você precisa de uma conexão rápida, sem se preocupar com quedas frequentes de conexão e baixa velocidade, precisa escolher um bom serviço de um bom provedor.

Serviço de internet de maior qualidade trabalha com tecnologia de conexão por fibra óptica. Ela promove a transmissão de dados e voz em longas distâncias com pouca perda de sinal e qualidade, tudo isso com altíssimas velocidades. Baixar programas, documentos e navegar na internet é muito mais rápido e o tempo de espera por downloads seria reduzido ao mínimo.

Ao contrário de outros tipos de internet, com a fibra óptica a oscilação é quase nula, o que faz os problemas de conexão serem raros. A fibra óptica serve para potencializar e dar mais qualidade de conexão à internet que os meios de comunicação necessitam atualmente, para dispor de uma conexão melhor e mais rápida para enriquecer sua experiência de navegação no mundo digital.

Hoje, uma conexão banda larga de alta velocidade é oferecida com cerca de 10 Mbps no mínimo, o que permite downloads a quase 1,25 MB/s.

Os padrões de testes da fibra ótica apontam para velocidades de 10 Gbps, o que resulta em downloads de 1.280 MB/s. É um aumento considerável, que pode ser extremamente importante para quem gosta de jogar games online ou baixar muitos arquivos pela internet.

Geralmente, a configuração do roteador é feita por quem mora na residência, mas muitas empresas provedoras de internet fornecem um modem com roteador.

Por isso se faz necessário nas empresas uma conexão rápida, segura e estável. Sendo assim, empresas de pequeno, médio ou grande porte precisam investir em redes de alta conectividade para promover melhores condições de trabalho a todos.

Outro fator decisivo e que também é afetado pela potência do aparelho é o número de dispositivos conectados ao mesmo tempo. Hoje, na maioria das casas há pelo menos uma conexão por pessoa, às vezes mais. Quando não se tem um aparelho adequado, a rede fica sobrecarregada e a consequência é a internet lenta.

O seu provedor de internet pode ser o culpado, certamente, mas há muitos outros fatores a serem verificados antes de atribuir a responsabilidade. E dependendo de sua necessidade de consumo, você precisará aumentar a sua velocidade de conexão para não ter problemas de velocidade. É claro que com isso também aumentará o seu custo com o provedor.


quarta-feira, 15 de agosto de 2018

Desenhos Super Realistas



Os Desenhos Desse Ilustrador São Mais Realistas Que Suas Fotos!

É provável que os desenhos do artista nigeriano Arinze Stanley estejam entre os mais realistas que você já viu. O mais impressionante é saber que ele faz tudo isso usando apenas o lápis.

As ilustrações levam cerca de 100 horas para serem concluídos. Arinze costuma compartilhar fotos de diversos estágios do desenho, mostrando um pouco de sua incrível técnica como ilustrador.


Você pode conferir mais sobre seu trabalho de Arinze em seu Instagram.


terça-feira, 14 de agosto de 2018

Crossover inédito daTurma da Mônica e os heróis e supervilões da DC Comics


A poderosa Mônica ficará de frente com o Superman; O cerebral Cebolinha terá a companhia do “maior detetive do mundo”, o Batman. Assim, de surpresa, na Bienal Internacional do Livro de São Paulo que rolou na semana passada, Mauricio de Sousa e a DC Entertainment anunciaram uma parceria inédita, com o crossover entre os personagens da Turma da Mônica e os heróis e supervilões da editora DC Comics.

O encontro entre os personagens estará nas edições de dezembro das revistas da Mônica, Cebolinha, Cascão, Magali, Chico Bento e Turma da Mônica.


“Por quase 60 anos, meus quadrinhos têm entretido muitas gerações de leitores brasileiros. Agora, todos eles, assim como eu, irão aproveitar este momento tão especial”, disse o Mauricio de Sousa, no comunicado.

Os traços das revistas serão desenhados pela Mauricio de Sousa Produções – já os roteiros serão escritos pelas empresas em parceria. “Se você achava impossível misturar o universo do bairro do Limoeiro com as atmosferas de Metrópolis, de Gotham City e de Paradise Island, prepare-se para a grande surpresa que está por vir em nossas publicações”, comenta Marco M. Lupoi, diretor de publicações do Grupo Panini.


segunda-feira, 13 de agosto de 2018

O que é preciso para fazer seu negócio dar certo?


Conheça sete segredos para tornar-se um empreendedor de sucesso

Dizem que não existe receita para o sucesso. Mas para empreender e fazer seu negócio dar certo, algumas características e atitudes podem ser essenciais. Se observarmos bem, os empreendedores bem-sucedidos têm alguns traços em comum que, em conjunto, podem ser considerados a chave para o sucesso. 

Confira:

1 – Pesquisa prévia e atenção constante

Nos últimos anos, o empreendedorismo tem sido cada vez mais incentivado. Mas antes de largar o emprego e correr atrás do seu sonho, é bom começar a pesquisar bem sobre o que deseja fazer.

Busque informações sobre o mercado, sobre a economia, sobre o público, sobre carências do setor, sobre os custos, sobre inovações na área, enfim, quanto mais informação puder juntar previamente, mais fácil fica começar a traçar seus planos. E após essa pesquisa prévia, você precisa continuar atento ao cenário macroeconômico, às movimentações do setor, à concorrência, etc.

Manter-se sempre alerta e bem informado é uma das características dos empreendedores de sucesso.

2 – Organização e planejamento

Ter um plano de negócio atualizado é uma condição básica para quem quer ter êxito como empreendedor. O dono da agência web Esperienza, Cassiano Antequeira, conta, por experiência própria: “Ele é essencial e me fez muita falta no começo. Hoje tenho mapeados todos os aspectos do negócio e posso me antecipar e solucionar os possíveis problemas antes que eles ocorram”.

Além de ser um bom guia para a tomada de decisões da empresa, esse tipo de documento denota organização e planejamento, comportamentos fundamentais para o sucesso de qualquer empresa.

3 – Dedicação e perseverança

O inventor Thomas Edison, certa vez, disse: “Eu não falhei. Só descobri 10 mil caminhos que não eram o certo.” A frase nos lembra da importância da dedicação e da perseverança frente às dificuldades (mantendo ainda o bom ânimo, como o inventor). Afinal, em qualquer empreendimento, sempre há obstáculos a superar e desafios a vencer.

Em todo caso, acreditar e ter paixão pelo que faz costumam ser grandes motivadores para manter a dedicação e perseverar em seus objetivos. Não é a toa que empreendedores de sucesso costumam ser aficionados pelo que fazem, mostrando-se confiantes e dedicando-se com afinco aos seus negócios.

4 – Persistência x teimosia

Saber ser persistente em suas metas e planos é importante. Mas persistir na busca do sucesso não quer dizer ser rígido e inflexível. Pelo contrário, também é preciso ter maleabilidade para mudar, para alterar as ideias preconcebidas e se adaptar quando necessário.

O jornalista Shane Snow (considerado um dos empreendedores mais inovadores com menos de 30 anos, pelas revistas Forbes e Inc.) recomenda a, diante de uma determinada situação problema, listar todas as suposições possíveis e, em seguida, questioná-las: e se não forem corretas? Outro conselho do empreendedor é abusar da simples pergunta “por que?”. Questionar por que as coisas são feitas de determinada maneira é também uma forma de romper com convenções e achar saídas inovadoras.

5 – Boas parcerias

Segundo o vice-presidente de fusões e aquisições do Buscapé, Ayrton Aguiar, ter um time coeso e afinado também é uma característica de empreendimentos bem-sucedidos. “É muito raro ver uma empresa de sucesso, na qual o fundador realize voo solo. Ele precisa ter gente de confiança com alto nível de comprometimento.”

Quando se reúnem bons parceiros, somam-se conhecimentos e habilidades, agregam-se novas ideias e multiplica-se a capacidade de realização de projetos.

Errar é humano. Mas assumir os próprios erros e conseguir aprender com eles é uma atitude típica de empreendedores de sucesso.

Os empresários Mariano Gomide de Faria e Geraldo Thomaz, criadores da Vtex (que oferece soluções para plataformas de e-commerce), reconhecem: “Nós erramos muito, mas persistimos durante sete anos, até que em 2006 descobrimos o nicho de mercado que nos trouxe até aqui”.

7 – Desafios e competições

O ser humano costuma ser bastante motivado por desafios. E para um empreendedor, isso é ainda mais importante. Conseguir inserir-se (e manter-se) em um mercado cada vez mais competitivo exige uma postura também competitiva por parte do empreendedor. Não é à toa que empreendedores bem sucedidos costumam dar grande valor a rivais de alto nível, que os estimulam a dedicar-se cada vez mais para superá-los continuamente.


domingo, 12 de agosto de 2018

A busca pelo sucesso profissional


A busca pelo sucesso é constante entre os profissionais das mais variadas áreas. O sucesso pode ser um conceito subjetivo, mas que de uma forma ou de outra acaba dando de encontro com alguns preceitos básicos.

De pessoa para pessoa a palavra sucesso pode ter um significado diferente, mas em qualquer caso as pessoas sempre estão em busca dele, tenha qual significado pessoal ele tiver. Essa busca pode ser menos cansativa e demorada se houver um direcionamento, um caminho a seguir.

Há pessoas que buscam o sucesso pessoal, ter uma família e amigos presentes como sempre imaginou, há quem considere que sucesso é ter paz de espírito, mas e o sucesso no que você faz hoje? Ele existe? Ser realizado pelo que faz é um dos grandes desafios que as pessoas têm de superar.

Uma vida em equilíbrio em todos os segmentos é um sonho para a maioria das pessoas. Ter a vida pessoal organizada, o profissional em ascensão e a área familiar em perfeita harmonia. Todas interagindo de maneira tranquila sem grandes interferências e vivendo uma vida de paz.

Não é um posicionamento fácil de atingir e são necessários esforços constantes para que possa realmente chegar aos resultados esperados. Saber o momento de investir em si mesmo, não é fazer um investimento sem precedentes, mas é saber que o crescimento intelectual afeta todas as áreas da vida.

Ter estratégias e mudar alguns hábitos são os primeiros passos para começar a ver as consequências das suas atitudes. Conhecer a si mesmo, buscar o autoconhecimento é investir no crescimento pessoal e consequentemente atingirá os âmbitos profissionais. 

Para realmente obter sucesso no que faz deve-se começar num processo de crescimento intelectual, isso mesmo, começar de dentro para fora para os resultados serem realmente espetaculares.

O interessante é saber que com algumas práticas e mudanças de pensamentos e atitudes alguns desses objetivos podem ser alcançados. Vejamos aqui os 3 pilares para ter sucesso no que você faz hoje!
Saber muito bem o que faz

Um princípio básico para ser efetivo naquilo que faz é saber exatamente o que está fazendo. Quais são as motivações? As variáveis? Todas essas perguntas devem ser respondidas sem hesitação.

Além de saber muito bem o que faz é importante saber o porquê que faz aquilo. Quais foram as motivações para escolher trilhar aquele caminho. Depois uma estrada escolhida para caminhar é necessário criar meios de conhecê-la de todas as formas e claro elevar seus pontos positivos para que possa continuar a jornada sem fraquejar.

Um cliente espera o mínimo, que é o profissional poder sanar todas as suas dúvidas e necessidades. Ele quer acreditar que aquela pessoa que o está atendendo sabe muito e acredita no que está fazendo. Isso traz segurança e tranquilidade para quem está sendo atendido.

Buscar estudar sobre todos os âmbitos do trabalho e estar um passo a frente com soluções inesperadas, mas eficazes. Isso é um profissional de sucesso, uma pessoa que sabe o que faz e o porquê faz aquilo.

Quando se tem conhecimento aprofundado do que faz é fato que as informações serão passadas com a maior clareza e naturalidade, não é um texto decorado, mas sim conceitos aprendidos. Ter clareza significa ter conhecimento, pois uma pessoa que não sabe o que diz tampouco será compreendida.

Saber o que faz ainda te dará ferramentas para saber solucionar os problemas dos seus clientes, trará tranquilidade no momento de mediar conflitos, pois o profissional está preparado e munido até os dentes de muito conhecimento daquilo que faz.

E é por isso que saber muito bem o que faz é um pilar do sucesso nas atividades que faz hoje, pois não pode ser algo passageiro, que só foi feito naquele momento, mas que está em constante processo de aprendizagem. Aberto para o novo e preparado para o futuro!
Amar o que faz é essencial

Embora pareça um tremendo clichê, essa frase tem uma importância imensurável. Não só a frase, mas a prática dela no dia a dia. Primeiro que amar não é uma questão simples de esclarecer, assim como o sucesso tem variáveis nas interpretações dependendo da pessoa, o amor também é assim.

Existe o amor pela pessoa por ser alguém bom, alguém agradável. O amor pelos familiares e o amor pelo companheiro ou companheira. Cada tipo de amor é desenvolvido e estimulado de alguma maneira.

Na questão do amor pelo próximo, ou seja, pelos amigos, é aquele que através de atitudes que foram sendo construídas ao longo de um tempo fortaleceram aquele laço que se transformou em uma amizade, que possui o amor de amigo.

O amor familiar é aquele construído com laços maternos, paternos e fraternos, além de claro os parentes distantes em grau, mas muitas vezes próximo ao coração. Esse um pouco mais natural, mas que também houve um processo para que ele fosse construído.

Já o amor por aquilo que faz esse também deve ser construído através de um processo e se solidificar a cada dia que passa. Assim como os outros tipos de amores, existem variáveis, que são aqueles dias que não se ama tanto assim.

Mas é importante que constantemente busque amar o que faz através de pensamentos e depois atitudes.

Por exemplo, em uma fatídica sexta-feira, após uma semana turbulenta cheia de trabalho e muitos problemas para resolver o comum é ficar estressado até o fim do expediente e depois do horário, por já ser o tão esperado fim de semana, uma sensação de alívio preenche o peito e sossega os pensamentos. Isso não é falta de amor, isso é apenas um ser humano que trabalha.

Falta de amor é começar a segunda pensando na sexta, isso sim! O ideal para ter uma semana produtiva, de verdadeiro sucesso é buscar enxergar no que faz todos os benefícios para a sua vida e para a dos seus clientes.

Se vende casas, pense que vende sonhos, se vende carros, vende possibilidades, se vende produtos, vende melhorias pessoais ou físicas. E assim sempre pensado no que de bom oferece e o que recebe por isso. Só o salário? Não, satisfação pessoal por fazer algo importante. Isso é sucesso!
Acreditar sempre!

Também considerado clichê por muitos o “acreditar” pode ter sido subestimado e deixado de representar sua verdadeira importância.

Não é uma questão de uma crença sem princípios, sem argumentos e sim buscar acreditar naquilo que faz verdadeiramente. Se pensarmos nos pilares que compõem uma pessoa que tem sucesso no que faz o “acreditar” é o que na junção do saber o que faz e no amar o que faz é a combinação perfeita para alcançar o pleno sucesso no dia a dia.

Novamente deve-se começar a partir dos pensamentos e depois nas ações derivadas das reflexões. O pensamento construtivo, idealizado irá construir pontes para solucionar problemas e criar ideias. Isso é produtividade, é ser proativo em todos os momentos.

Acreditar no trabalho que faz é acreditar no que fala, pensa e age. Tudo deve estar em sincronia e numa perfeita coerência para que seja respeitado e admirado pelas pessoas.

Ser bem sucedido é isso, saber o que faz, como faz e acreditar em tudo isso. Ao acreditar de verdade passará credibilidade para as pessoas que o procurarem, pois a força de acreditar é transmissível, fica aparente que conhece e garante muito bem o seu trabalho.

Se o seu trabalho é com uma equipe, antes de tudo deve realmente acreditar nela e buscar elementos para alimentar isso diariamente. A força do acreditar estremece diante das dificuldades e dos problemas diários, mas não devem ser suficientes para acabar com toda a esperança antes depositada nela.

Falhar faz parte do crescimento e evolução de uma pessoa que pensa em andar num caminho de sucesso, não há vitória sem antes terem tido derrotas. Quantas vezes acabamos desacreditando de nós mesmos? Muitas vezes, mas não há problema isso acontecer, o que não deve de maneira nenhuma é permanecer desacreditado. Renovar as esperanças em si mesmo trará confiança e segurança para atuar diariamente seja qual for o seu segmento.

O sucesso no que você faz todos os dias deve partir desses 3 pilares que na junção formam os elementos perfeitos para que atinja os objetivos desejados. Não é fácil buscar conhecimento a todo tempo, exige esforço e muita dedicação.

Amar o seu trabalho, o que você faz todos os dias exige pensamentos produtivos e positivos para se manter motivado e feliz por aquilo que faz. O acreditar exige esperança contínua, mas não uma esperança no sentido de espera, mas sim naquela que busca e faz acontecer motivos que levam a preencher as forças do acreditar.

Com os três pilares aqui apresentados fica mais fácil pensar em como começar a ter sucesso no que faz todos os dias e assim viver uma vida muito mais feliz e produtiva. Não é fácil, mas está bem longe de ser impossível. Basta ter insistência no que realmente quer e terá resultados magníficos. Não é preciso muito, só busque conhecer o que faz de verdade, amar aquilo que faz todos os dias e nunca deixar de acreditar em você mesmo.


sábado, 11 de agosto de 2018

Conheça a História do Dia dos Pais

Resultado de imagem para pais

O Dia dos Pais é celebrado em várias regiões do mundo, mas em datas diferentes. No Brasil, o dia dos pais é comemorado desde 1953.

Atualmente, tal como o dia das mães, o dia dos pais é uma das datas mais prestigiadas no mundo como um todo e no Brasil, em especial. Entretanto, pouco se sabe sobre a origem dessa data.

No Brasil, ela é comemorada no segundo domingo de agosto, mas já foi comemorada fixamente no dia 16 desse mesmo mês. Nos Estados Unidos e em várias outras nações, a data é comemorada no terceiro domingo de junho; em Portugal e Espanha, em 19 de março; na Rússia, no dia 23 de fevereiro. Mas qual é a razão dessas diferenças?

Origem da comemoração nos Estados Unidos

O dia dos pais passou a ter repercussão mundial a partir do início do século XX, quando a data foi institucionalizada nos Estados Unidos da América. Os Estados Unidos comemoraram pela primeira vez o dia dos pais em 19 de junho de 1910. Tal data foi escolhida a partir da sugestão de uma moça chamada Sonora Louis Dodd, que quis homenagear seu pai, William Jackson Smart.

Smart era um veterano da Guerra Civil Americana que, após a morte da esposa, teve que criar sozinho Sonora e os outros filhos. A homenagem de Sonora começou em 1909, em sua cidade, Spokane, no estado de Washington. O dia em questão, 19 de junho, era a data de nascimento de seu pai. O gesto simples da moça acabou por mobilizar muitas pessoas da mesma cidade a fazer o mesmo tipo de homenagem. De Spokane, a prática alastrou-se para outros estados dos EUA.

Entretanto, em 1966, houve uma alteração na comemoração da data em decorrência de outros fatores. Do dia 19 de junho, a comemoração passou para o terceiro domingo de junho. Em 1972, o presidente Richard Nixon declarou o terceiro domingo de junho como o dia oficial da comemoração do dia dos pais. Essa data foi adotada como modelo por vários países ocidentais.

Origem da comemoração no Brasil

No Brasil, o dia dos pais só foi comemorado pela primeira vez em 1953, no dia 16 de agosto. Ao contrário do que ocorreu nos EUA, essa data não foi pensada como forma de homenagem local e simples, que se alastrou depois, sem planejamento. Na verdade, ela foi pensada por um publicitário chamado Sylvio Bhering, à época diretor do jornal O Globo e da rádio homônima.

O objetivo de Bhering era tanto social quanto comercial. A tentativa inicial foi associar a data ao dia de São Joaquim, pai de Maria, mãe de Jesus Cristo, que é comemorado em 16 de agosto, no calendário litúrgico da Igreja Católica, já que a população brasileira era predominantemente constituída de católicos. No entanto, nos anos seguintes, a data também foi deslocada para um domingo, o segundo domingo do mês de agosto – e assim permanece até hoje.

O caso particular de outros países

Há o caso de outros países nos quais o dia dos pais está relacionado com aspectos culturais muito específicos. É caso, por exemplo, de Portugal, Espanha, Itália, Andorra, Bolívia e Honduras, que o comemoram em 19 de março. Isso ocorre porque tais países, também de tradição católica, associam o dia dos pais ao dia de São José, esposo de Maria.

Um caso curioso é o da Rússia, que celebra o dia dos pais em 23 de fevereiro. O motivo é o fato de que esse dia também é reservado à comemoração do Dia do Defensor da Pátria Local – data celebrada desde 1919. As duas datas acabaram por se entrelaçar.

Por Me. Cláudio Fernandes para o Brasil Escola

sexta-feira, 10 de agosto de 2018

Super ideias criativas utilizando papel

Imagem relacionada

Às vezes, tudo o que você precisa para soltar a criatividade e fazer coisas incríveis é uma (ou algumas) folha de papel. Duvida? Olha só essas ideias bem legais que separamos para você se inspirar no Dia da Criatividade e dar asas à imaginação usando papel.


Quem é que diz à primeira vista que esse lustre foi feito só com tirinhas de papel? Pois é, pode parecer estranho quando você ouve, mas olha que sofisticado ele fica!


Saiba como fazer aqui!

Essa é para quem quer economizar na hora de presentar alguém especial: em vez de comprar um presente, uma boa opção pode ser fazer você mesmo algo fofo e cheio de boas memórias. Essa caixinha foi feita toda de papel e “recheada” com fotos do Instagram.


Veja como fazer!

A ilustradora francesa Anastassia Elias fez essas peças com detalhes muito bem trabalhados usando só rolos de papel higiênico. Demais, né? Essa é um pouco mais complicadinha, mas uma boa sugestão para quem gosta de desenho e artesanato.


Veja mais aqui!

Falando em rolos de papel higiênico e aproveitando que super-heróis estão em alta, olha só como transformar as crianças em heróis e heroínas de um jeito pra lá de fácil:


Clique aqui e veja como é simples de fazer!

Já é novembro, o que significa que o Natal está batendo na porta. Para dar uma variada na decoração tradicional, temos essa sugestão diferente: uma árvore personalizada e 100% feita com materiais reciclados para deixar a casa com aquele clima natalino gostoso e ainda ajudar o meio ambiente.


Clique aqui e veja como fazer.

Outra dica para quem gosta de itens decorativos feitos à mão: flores de papel. Dá para fazer arranjos lindos variando cores, formatos e tamanhos.


Lindas, cheias de possibilidades e fáceis de fazer: aprenda aqui.

Já ouviu falar de “ecoprint”? Trata-se de uma técnica histórica de impressão que transforma plantas, folhas e outros elementos naturais em estampas incríveis para quadros, papeis de parede e muito mais!


Veja aqui mais aplicações dessa técnica!

Um toque delicado e especial para uma festa de 15 anos. Dá para resistir à fofura desses vestidinhos encantadores de papel?


Basta seguir esse passo a passo aqui.

Um spinner feito de papel? Exatamente! Esse é o projeto perfeito para as crianças soltarem a imaginação e fazerem um brinquedo bem legal.


É só clicar aqui para aprender a fazer.

A última dica é para a próxima vez você que for nos acompanhar nas redes sociais, ler um dos posts do nosso blog ou acompanhar um vídeo. Olha só que prático esse suporte para celular!


Simples assim de fazer!

São tantas coisas incríveis que é possível fazer usando papel, não é mesmo?

E aí, se inspirou? Experimente fazer alguma dessas e não deixe de contar para a gente como ficou, estamos curiosos!


quinta-feira, 9 de agosto de 2018

WhatsApp Business traz novos recursos


O WhatsApp descobriu uma maneira de ganhar dinheiro sem pesar aos usuários. O aplicativo lançou nesta semana uma nova API, voltada para empresas que queiram ter um perfil comercial mais sofisticado do que a versão gratuita oferecida. É o primeiro produto pago desde que foi cancelada a taxa anual de um dólar em 2016.

O aplicativo já vem se atualizando com foco nas empresas e empreendedores desde o começo deste ano, quando anunciou o aplicativo gratuito para pequenas e médias empresas: o WhatsApp Business, que hoje já possui mais de três milhões de usuários ativos.

A nova API é focada em empresas maiores, como as de médio e grande porte, que precisam de uma solução adaptável, personalizada e que estão dispostas a colocarem as mãos nos bolsos para isso. De acordo com o Facebook, algumas empresas desses portes já usam o serviço gratuito como, por exemplo, a Singapore Airlines, Uber, Avon, B2W, Ingresso Rápido e Movile. Mas, o que a API traz de novo para justificar a cobrança?

Como funciona o WhatsApp Business API?

Assim como na versão gratuita, as empresas precisarão ter a conta verificada para criarem o perfil comercial. Elas só poderão contatar usuários após eles se conectarem com o número, para evitar mensagens indesejadas. Serviços como mensagens automáticas, categorização de conversas, acessos e estatísticas dos usuários estarão presentes na API, além da possibilidade de integrar o WhatsApp com outras plataformas já usadas pela empresas, como Zendesk.

“A empresa que acessar o novo serviço terá a possibilidade de personalizar e trafegar um volume muito maior de mensagens, além de ter toda a tecnologia de inteligência artificial disponível para otimizar a comunicação e criar soluções de atendimento”, explica Eduardo Henrique, diretor executivo da Wavy.

Na versão gratuita, apenas um número de celular pode ser vinculado à conta, com a API paga, ela será integrada com um software de atendimento, com logins e senhas para que caso a empresa tenha mais de um funcionário de atendimento todos possam trabalhar sem que seja necessário diversos números de telefone diferentes.

Vale a pena?

Com o WhatsApp Business API, os empreendedores poderão responder gratuitamente mensagens enviadas por usuários em até 24 horas. Depois disso, a cada mensagem será cobrada uma taxa fixa, variando de 0,5 centavos a 9 centavos de dólar por texto, dependendo do país.

A aposta da companhia em termos de faturamento, está nas empresas que demoram para responderem seus clientes. A pressão por responder em até 24 horas tornará o atendimento melhor para o consumidor, que preferirá chamar pelo WhatsApp.

“O foco, claro na comunicação do WhatsApp, está em empresas de médio e grande porte. É uma oferta segmentada para quem tem um grande volume de atendimento, um SAC, e quer um canal adicional de comunicação – que pode se tornar o principal”, diz Quinalha.

A ideia é que o serviço melhore a performance da equipe de atendimento e a colete informações das interações, com bots resolvendo as questões mais simples dos clientes e melhorando a gestão de pedidos.

Os testes já estão sendo conduzidos desde setembro do ano passado com todas as empresas do grupo Movile (como iFood, PlayKids e Sympla), gigantes como Avon e startups como Ingresso Rápido.

A Ingresso Rápido já usava o WhatsApp Business em sua versão gratuita, com mais de 80% do volume de atendimentos da startup por meio do serviço de mensagens. O negócio está testando a API desde janeiro de 2018 e imagina que a comunicação por WhatsApp deverá crescer ainda mais. A plataforma da Wavy já reduziu os custos de call center da Ingresso Rápido em 45%.

“A facilidade e agilidade na comunicação com os clientes e a possibilidade de automatizar algumas perguntas mais frequentes foram os principais atrativos”, afirma Tereza Santos, diretora de operações da Ingresso Rápido.

De acordo com eles a qualidade do atendimento aumentou por meio da utilização deste canal e eles tem planos de criar mais iniciativas focadas no WhatsApp Business API, focando em ganhar escala e diminuir o tempo de espera das respostas mais simples.


terça-feira, 7 de agosto de 2018

Brasileiro cria campanha impactante sobre o uso de celulares no trânsito


O uso de celulares durante a condução é a terceira maior causa de mortes no trânsito no Brasil. De acordo com a NHTSA (National Highway Traffic Safety Administration – EUA), o uso do dispositivo aumenta em 400% o risco de acidentes.

Essa taxa foi reafirmada pelo estudo do Centro de Experimentação e Segurança no Trânsito, que afirma que desviar o olhar para responder a uma mensagem a 80 km/h é comparável a dirigir por toda uma extensão de campo de futebol com os olhos fechados.

Com esse problema cada vez mais crescente no Brasil, o designer especializado em retoque digital Maxwell Junior juntamente com a Agência Nacional de Transportes Terrestres, criou uma campanha de conscientização que diz: “O trânsito também responde. Não use celular ao volante“. Confira o resultado:




Gostou? Você pode conferir mais detalhes do projeto através do portfólio dele no Behance.


segunda-feira, 6 de agosto de 2018

Histórias de pessoas super bem sucedidas mas que também falharam




Conheça cinco histórias de sucesso de pessoas que ultrapassaram a rejeição

Sabe o que Bill Gates, Walt Disney, Arianna Huffignton, Steve Jobs e Milton Hershey têm em comum? Um caminho bastante turbulento para o sucesso. Leia as histórias destes empreendedores que nunca deixaram de lutar.

Todos nós já tivemos de lidar com a rejeição ou com o fracasso de um projeto. O que marca a diferença entre as pessoas com histórias de sucesso e as restantes é a maneira como reagem aos obstáculos e às adversidades que vão encontrando ao longo da sua vida profissional e pessoal.

As cinco histórias que se seguem são exemplo disso mesmo. Estas cinco pessoas nunca deixaram de tentar até atingirem o sucesso que ambicionavam.

A falta de criatividade de Walt Disney


Um dos maiores génios em termos de criatividade do século XX foi retratado em tempos como uma pessoa pouco criativa. Foi por esta razão que o criador da Disney foi despedido de um jornal. Depois disto o fundador da marca, que hoje vale perto de 150 mil milhões de euros, angariou 15 mil dólares (13 mil euros) para criar uma empresa de animação denominada de Laugh-O-Gram. Esta empresa de animação também não ajudou Disney a chegar ao sucesso, tendo sido fechada pouco tempo depois após o encerramento de um importante parceiro de distribuição.

Praticamente sem dinheiro, Walt Disney chegou a Hollywood, onde encontrou ainda mais rejeição. Eventualmente conseguiu lançar os seus primeiros filmes de animação que tornaram a Disney naquilo que é hoje, a sétima marca mais valiosa do mundo.

A primeira empresa de Bill Gates foi um fracasso


Bill Gates é atualmente o homem mais rico do mundo, mas o caminho para este feito não foi linear. O fundador da Microsoft entrou no mundo do empreendedorismo com a Traf-O-Data, uma empresa que se comprometia a analisar e a processar dados do trânsito para depois vender relatórios. Uma versão do que atualmente chamaríamos de big data.

Gates e o seu parceiro Paul Allen tentaram vender a ideia, mas o produto mal funcionava e recebeu muito pouca atenção.

Apesar desta ideia de negócio não ter tido sucesso, serviu para os dois cofundadores tirarem algumas lições importantes. Pouco tempo depois estes dois empreendedores criaram a Microsoft, o gigante do mundo tecnológico que ocupa a terceira posição da Forbes no top de marcas mais valiosas do mundo.

Arianna Huffington, especialista em rejeição


A criadora do Huffington Post foi rejeitada 36 vezes antes de conseguir publicar o seu segundo livro. É difícil de acreditar que a criadora de uma das publicações online mais reconhecidas tenha sido rejeitada tantas vezes.

Mesmo o Huffington Post não foi bem aceito nos primeiros tempos. Depois do seu lançamento, as críticas negativas associadas à publicação mostravam pouca esperança no projeto e no seu potencial. Obviamente que Arianna conseguiu ultrapassar os obstáculos e tornou a publicação numa das mais conceituadas do seu gênero.

Os falhanços sucessivos de Milton Hershey


Se gosta de chocolate o nome Hershey não lhe deve ser estranho. A história por trás de um dos chocolates mais conceituados do mundo é que deve desconhecer. Depois de ter sido despedido de um dos seus primeiros empregos, o criador da marca Milton Hershey começou três empresas na área dos doces. Falharam todas.

Numa última tentativa, Hershey fundou a Lancaster Caramel Company e começou a ter resultados bastante positivos. Acreditando na sua visão de levar o chocolate de leite às massas, Milton criou a Hershey Company, que é atualmente uma das marcas mais conceituadas da indústria.

Steve Jobs foi despedido da própria empresa


Steve Jobs é bastante conhecido pela sua inclinação para a inovação, mas também pela recuperação da atual marca mais valiosa do mundo, a Apple. Tendo conseguido grande parte do seu sucesso enquanto ainda estava na casa dos 20, Jobs viu-se obrigado a sair da empresa que fundou aos 30 anos, altura em que os diretores da empresa decidiram despedi-lo.

Depois de ter sido despedido da sua própria empresa, Jobs criou a NeXT. Este novo projeto foi eventualmente adquirido pela Apple pelo valor do sistema operativo que tinha sido desenvolvido. Depois de voltar à Apple, Jobs provou, mais uma vez, a sua capacidade de inovação, tendo reinventado a marca e impulsionando-a para o estrelato.

Lembre-se destas histórias da próxima vez que se deparar com um obstáculo no seu caminho para o sucesso.


domingo, 5 de agosto de 2018

Dicas para arrecadar recursos para sua campanha política


Nestas eleições 2018, confira 7 passos para arrecadar recursos para sua campanha

A campanha política de fato, inicia no dia 16 de agosto de 2018, não é mesmo? A partir desse dia, você já pode iniciar suas ações, correto? Nãooooo!!!!! A sua pré-campanha já começou! É chegada a hora de organizar ações e metas para que o pleito do próximo ano seja marcado de forma positiva na sua carreira política. Um dos grandes empecilhos deste momento é a falta de recursos para colocar todos os planos em ação. Afinal de contas, uma campanha política requer muito esforço e investimento financeiro.

Hoje, veremos 7 passos para que, desde agora, seja possível planejar as formas de arrecadação de recursos que mais se adéquem a sua realidade.

Vamos a elas:

1 - Organize listas

Quem já é eleitor? Quem pode ser tornar seu eleitor? Quem é simpatizante dos seus projetos? É chegada a hora de organizar todas essas informações na ponta do lápis. Organize listas com o nome completo das pessoas, e-mail e telefone. Essas informações serão muito úteis! E não esqueça: é através de listas que você irá se comunicar com as pessoas, seja pelo WhatsApp, e-mail ou SMS. E como arrecadar recursos com as listas? Basta seguir os próximos tópicos! ;)

2 – Comunique-se com suas listas de contatos

Com as listas prontas, é chegada a hora de falar com seus contatos. Em um primeiro momento, comunique-se com as pessoas de sua base de dados que são influentes ("influencers") e que possam propagar as suas ideias. Podemos classificar como influencers os seus assessores, cabos eleitorais, eleitores que votam em você de longa data, blogueiros e pessoas que sejam simpatizantes dos seus projetos. Nesta etapa, os multiplicadores o ajudarão a espalhar os seus projetos, sugerindo melhorias e aperfeiçoamentos. Envie conteúdo de valor, e ouça suas sugestões!

3 - Invista em plataformas de arrecadação online

Embora a propaganda eleitoral inicie oficialmente no dia 16 de agosto de 2018, as plataformas de financiamento coletivo já poderão arrecadar recursos a partir do dia 15 de maio. E o que isso significa? Significa que aqui você usará todo o potencial das suas listas!

Mas fique atento: os serviços online devem estar cadastrados na Justiça Eleitoral, bem como, divulgar lista de doadores e quantias arrecadas. Existem regras que precisam ser observadas, para que você não tenha problema com suas contas junto à Justiça Eleitoral e Receita Federal.

Pré-candidatos: os recursos serão mantidos na empresa de arrecadação, esta como uma espécie de fiel depositária, liberados apenas mediante aprovação do registro de candidatura. Caso contrário, os valores recebidos serão devolvidos aos doadores. 

4 – Momento de arrecadar

Faça pesquisas e escolha uma plataforma que seja segura e de confiança e que esteja cadastrada junto à Justiça Eleitoral. A próxima etapa será divulgar a sua plataforma de financiamento coletivo – seja por e-mail, SMS, Facebook, WhatsApp, materiais impressos, vídeo – isso vai depender das informações das suas listas. A verba que será doada pelos seus eleitores ajudará nos custos de sua campanha. As ferramentas de financiamento coletivo mobilizam os eleitores fiéis que encontram na tecnologia uma forma rápida e eficaz de continuar apoiando o seu candidato, e os eleitores que buscam representatividade em um projeto que envolva engajamento e participação. O candidato precisa estar pronto para aproveitar esse impulso. Além disso, candidatos e partidos precisam estar preparados para receber e gerenciar essas arrecadações, pois após receber e gastar, é preciso prestar contas! 

6 – Promova eventos 

Uma estratégia poderosa para arrecadar dinheiro para a campanha é a realização de eventos. Os eventos animam as bases, dão corpo e volume para a campanha, e além de tudo isso, criam um clima muito propício para doações, desde que o candidato tenha estrutura para capturar todas essas doações e aproveitar esse momento. De acordo com a Resolução 23.464/15, a realização de um evento deve ser comunicada formalmente e com antecedência mínima de cinco dias úteis à Justiça Eleitoral, que poderá determinar sua fiscalização. É preciso também, manter a disposição da Justiça Eleitoral, a documentação necessária à comprovação de sua realização e de seus custos, despesas e receita obtida.

- Tipos de eventos

Por adesão ou com finalidade de arrecadação: estas são as duas naturezas dos eventos. Vamos a eles!

- Adesão

Em eventos por adesão, não há qualquer receita ou gasto por parte do partido. Será realizado em algum clube, comunidade ou restaurante, e este se encarregará dos gastos e das receitas necessárias para a realização do evento. Importante: no convite do evento, deve constar expressamente: “Convite/Evento por adesão, sem caráter de arrecadação”.

- Arrecadação

Já em eventos com a finalidade de arrecadação, o partido venderá os convites/cartões, destinados a arrecadar recursos para custear as despesas do evento (Notas Fiscais em nome e CNPJ do Partido) e arrecadar fundos para seu caixa. Atenção: devem ser emitidos recibos eleitorais para cada compra de convites e poderão ser depositados:

- Individualmente, informando o CPF do doador;

- Montante total, informado o CNPJ do partido/candidato.

7 - Venda souvenires

Já pensou em vender souvenires com seu nome e sua marca? Pois saiba que isso é uma ótima opção para arrecadar recursos. A venda de chaveiros, canecas, canetas, camisetas, bandeiras e bottons, por exemplo, servirá ainda para propagar o seu nome e suas propostas para futuros eleitores.