Gráfica e Editora Moura Ramos: livros, revistas, embalagens, sacolas, agendas e impressos em geral. Google+

sexta-feira, 17 de agosto de 2018

Veja 30 atitudes de quem está com o amor-próprio em dia

Resultado de imagem para amor proprio

Amor-próprio é aquele sentimento de estima, dignidade ou respeito que cada um tem por si mesmo.

Muitos ainda confundem amor-próprio com egoísmo.

O egoísmo é um sentimento que faz com que você faça qualquer coisa para se beneficiar, independente se irá ferir ou prejudicar outro ser humano.

O amor-próprio é diferente.

Se trata da capacidade de amar a si mesmo e, dessa forma, agir em prol do próprio bem-estar, da felicidade e da satisfação pessoal.

Confira a lista de atitudes de quem transborda amor-próprio.


1. Não aceitar desculpas se elas não vierem acompanhada de ações.

2. Colocar o cuidado próprio no topo da lista de prioridades. Ter mais ambição por seu próprio bem-estar do que por dinheiro.

3. Não tentar sempre ser um pacificador. Não sofrer com a guerra de outras pessoas. Não mais sentir a necessidade de suavizar todas situações que saem do controle, tornando-se um pessoa que permanece em paz enquanto outras pessoas se encontram em conflito.

4. Não consentir enquanto pessoas reclamam de suas vidas. Não participar mais de conversas com muita negatividade, ou falar mal dos outros.

5. “Sumir” da vida de algumas pessoas para quem você não deve explicação alguma. Isso mesmo, a forma mais madura de agir é dizer à pessoa de quem você está se afastando os motivos por trás dessa decisão. Porém, alguma vezes, a melhor coisa a ser feita é cortar relações repentinamente, especialmente com pessoas que podem agir de forma ofensiva ou agressiva.

6. Não mais tentar justificar cada ação tomada. Não explicar os motivos pelos quais você terminou seu relacionamento, ou por que deixou sem antigo emprego. Sem mais racionalização para coisas que não precisam. Outras pessoas não precisam aprovar seus motivos para que sua decisão seja válida.

7. Não responder mensagens imediatamente. Não se trata de grosseria, mas sim de viver o momento. Tentar não ser um consumidor sem cérebro agarrado a seu iPhone o tempo todo, rolando a tela sem parar durante o jantar e consumindo mente e força vital com assuntos de outras pessoas.

8. Ir para casa quando tiver vontade. Em primeiro lugar não sair, caso você já saiba que não quer, sem precisar elaborar desculpas para não ir. Um “Não, obrigado. Hoje ficarei em casa” não se trata de uma negociação, e sim de uma declaração.

9. Ter o controle sobre a fala. Corrigir as pessoas quando falam mal ou têm suposições erradas sobre você e sua vida.

10. Destruir a expectativa de outras pessoas. Você não deve nada ao que outras pessoas querem e esperam de você. A perspectiva das outras pessoas sobre você é algo que te limita, e viver em função disso faz de você pequeno.

11. Mudar de ideia. Você não deve nada ao seu eu mais novo e você não está falhando por não estar mais procurando realizar aquele sonho que já superou.

12. Manter-se fora de discussões on-line, pois os problemas do mundo não serão resolvidos na seção de comentários da linha do tempo do Facebook do seu tio.

13. Envolver-se em discussões online que forem pertinentes, pois a complacência foi o que nos fez chegar onde estamos.

14. Não se envolver em relacionamentos com pessoas de quem você não gosta realmente. Você não deve sua energia a ninguém e perceber isso é diferente de ser mal educado.

15. Não beber até cair quando estiver chateado(a).

16. Não aceitar a ideia de que para estar em paz consigo mesmo(a) é preciso consumir exageradamente alguma substância.

17. Parar de se importar se as pessoas julgam seu estilo de vida e escolhas como corretas, legais, sábias ou não.

18. Compartilhar o que quiser online, sempre que quiser.

19. Dizer “não” quando a resposta for “não”.

20. Ser criativo sem se importar com a reação das outras pessoas.

21. Dizer “eu não sei” quando a resposta for “eu não sei”.

22. Mostrar o corpo, mesmo quando as outras pessoas não o julgam como um corpo bonito ou saudável.

23. Não ser malvado(a) com as pessoas quando tem algum problema consigo mesmo.

24. Não mais tentar convencer todas as pessoas a gostarem de você.

25. Se apaixonar por algo que ninguém mais é apaixonado(a).

26. Assumir a responsabilidade da próprio vida. Não ficar apenas à margem das coisas esperando uma oportunidade de alguém.

27. Não priorizar as pessoas que te tratam como apenas mais uma opção.

28. Não se fazer de vítima.

29. Não ficar preso a hábitos ruins, preguiça ou falta de vontade.

30. Não dar valor a como as pessoas enxergam sua vida.

Este artigo é uma tradução do Awebic do texto originalmente publicado em Thought Catalog.

Você se identifica com essa lista? Conhece alguém que transborda amor-próprio?

Comente e compartilhe sua opinião com a gente. Compartilhe esse conteúdo com seus amigos. :)

quinta-feira, 16 de agosto de 2018

Porque a sua internet está lenta?

Resultado de imagem para internet lenta

Todos nós pelo menos uma vez, já sofremos com problemas causados pela internet lenta. A conectividade constante traz muitos benefícios para a sua vida pessoal e também no trabalho, por isso quando existe algum problema que atrapalhe essa conexão, fica perceptível o quanto somos dependentes da tecnologia.

Parece que a internet falha sempre na hora em que mais precisamos dela e muitas vezes não sabemos o motivo do problema e nem como resolvê-lo, causando uma situação preocupante e embaraçosa.

Esse problema se agrava quando a velocidade na conexão no nosso ambiente de trabalho é comprometida, pois cada vez mais empresas dependem da internet para acessar produtos, fechar negócios e atualizar planilhas por exemplo, o que pode prejudicar toda a rotina de trabalho.

FATORES QUE INTERFEREM NA VELOCIDADE DA INTERNET

O transtorno da internet com baixa velocidade pode acontecer por inúmeros motivos. Como ela é construída sobre centenas de diferentes tecnologias que tentam conversar entre si, há muitos lugares onde os dados podem ficar um pouco mais lentos antes de alcançar a tela do seu computador. Antes de acionar o seu servidor de internet é necessário se atentar a outros fatores que podem estar prejudicando a sua conexão. 

Confira a seguir algumas dicas de especialistas:

Esteja atento aos seus aparelhos

Um fio solto, uma tomada mal conectada ou uma fonte defeituosa por exemplo, podem ser a causa do problema. É importante verificar as conexões e reparar se não há variações demais na rede elétrica da sua casa. Evitar o uso de adaptadores T (benjamins) para conectar seu roteador evita diminuição da velocidade. Compre um filtro de linha ou estabilizador para ligar seus aparelhos nele e, preferencialmente, tenha um nobreak para seus aparelhos eletrônicos. Linaldo alerta também para ser cuidadoso no manuseio dos equipamentos para não danificá-los ou desconectar algo.

Configuração da conexão

Cheque se seu modem ou roteador não estão configurados corretamente. Se o problema não for esse, você pode ligar para sua provedora de serviços de internet e pedir uma reconfiguração da conexão a internet, que pode ser feita realizando um “reset” da conexão.

Verifique a conexão

Outro fator decisivo e que também afeta a velocidade da internet é o número de dispositivos conectados ao mesmo tempo. Na maioria dos lugares há pelo menos uma conexão por pessoa, às vezes mais. Como consequência, a rede fica sobrecarregada e a internet lenta.

Algumas atitudes fazem a diferença, como o posicionamento do seu roteador. É recomendável manter o roteador em uma lugar alto e central, assim o sinal vai se espalhar melhor no ambiente.

Algo muito comum que prejudica a velocidade de sua conexão são pessoas se conectando na sua rede Wi-Fi sem seu consentimento. Para resolver é só você mudar ou criar uma senha WPA2 no seu roteador. Se você não sabe como mudá-la, peça ao seu provedor de internet para fazer isso remotamente ou procure um guia na internet sobre como pode ser feito.

Problemas com o provedor

Às vezes o problema da internet é com o seu provedor. Quando você perceber que o problema não é com os seus aparelhos, ligue e peça para fazer um teste de velocidade. Explique a situação e peça para um técnico visitar sua residência ou empresa, verificar a velocidade e identificar o motivo da velocidade lenta.

Alguns tipos de internet têm a probabilidade maior de ter algum problema, como é o caso da internet via rádio, que utiliza ondas de rádio frequência para transmitir o sinal de conexão aos computadores, e que pode ter problemas de acordo com a distância, condições climáticas e quantidade de pessoas utilizando. Por isso, é importante verificar a internet ideal, garantindo uma conexão segura.

COMO RESOLVER O PROBLEMA DE INTERNET LENTA

Se sua empresa ou você precisa de uma conexão rápida, sem se preocupar com quedas frequentes de conexão e baixa velocidade, precisa escolher um bom serviço de um bom provedor.

Serviço de internet de maior qualidade trabalha com tecnologia de conexão por fibra óptica. Ela promove a transmissão de dados e voz em longas distâncias com pouca perda de sinal e qualidade, tudo isso com altíssimas velocidades. Baixar programas, documentos e navegar na internet é muito mais rápido e o tempo de espera por downloads seria reduzido ao mínimo.

Ao contrário de outros tipos de internet, com a fibra óptica a oscilação é quase nula, o que faz os problemas de conexão serem raros. A fibra óptica serve para potencializar e dar mais qualidade de conexão à internet que os meios de comunicação necessitam atualmente, para dispor de uma conexão melhor e mais rápida para enriquecer sua experiência de navegação no mundo digital.

Hoje, uma conexão banda larga de alta velocidade é oferecida com cerca de 10 Mbps no mínimo, o que permite downloads a quase 1,25 MB/s.

Os padrões de testes da fibra ótica apontam para velocidades de 10 Gbps, o que resulta em downloads de 1.280 MB/s. É um aumento considerável, que pode ser extremamente importante para quem gosta de jogar games online ou baixar muitos arquivos pela internet.

Geralmente, a configuração do roteador é feita por quem mora na residência, mas muitas empresas provedoras de internet fornecem um modem com roteador.

Por isso se faz necessário nas empresas uma conexão rápida, segura e estável. Sendo assim, empresas de pequeno, médio ou grande porte precisam investir em redes de alta conectividade para promover melhores condições de trabalho a todos.

Outro fator decisivo e que também é afetado pela potência do aparelho é o número de dispositivos conectados ao mesmo tempo. Hoje, na maioria das casas há pelo menos uma conexão por pessoa, às vezes mais. Quando não se tem um aparelho adequado, a rede fica sobrecarregada e a consequência é a internet lenta.

O seu provedor de internet pode ser o culpado, certamente, mas há muitos outros fatores a serem verificados antes de atribuir a responsabilidade. E dependendo de sua necessidade de consumo, você precisará aumentar a sua velocidade de conexão para não ter problemas de velocidade. É claro que com isso também aumentará o seu custo com o provedor.


quarta-feira, 15 de agosto de 2018

Desenhos Super Realistas



Os Desenhos Desse Ilustrador São Mais Realistas Que Suas Fotos!

É provável que os desenhos do artista nigeriano Arinze Stanley estejam entre os mais realistas que você já viu. O mais impressionante é saber que ele faz tudo isso usando apenas o lápis.

As ilustrações levam cerca de 100 horas para serem concluídos. Arinze costuma compartilhar fotos de diversos estágios do desenho, mostrando um pouco de sua incrível técnica como ilustrador.


Você pode conferir mais sobre seu trabalho de Arinze em seu Instagram.


terça-feira, 14 de agosto de 2018

Crossover inédito daTurma da Mônica e os heróis e supervilões da DC Comics


A poderosa Mônica ficará de frente com o Superman; O cerebral Cebolinha terá a companhia do “maior detetive do mundo”, o Batman. Assim, de surpresa, na Bienal Internacional do Livro de São Paulo que rolou na semana passada, Mauricio de Sousa e a DC Entertainment anunciaram uma parceria inédita, com o crossover entre os personagens da Turma da Mônica e os heróis e supervilões da editora DC Comics.

O encontro entre os personagens estará nas edições de dezembro das revistas da Mônica, Cebolinha, Cascão, Magali, Chico Bento e Turma da Mônica.


“Por quase 60 anos, meus quadrinhos têm entretido muitas gerações de leitores brasileiros. Agora, todos eles, assim como eu, irão aproveitar este momento tão especial”, disse o Mauricio de Sousa, no comunicado.

Os traços das revistas serão desenhados pela Mauricio de Sousa Produções – já os roteiros serão escritos pelas empresas em parceria. “Se você achava impossível misturar o universo do bairro do Limoeiro com as atmosferas de Metrópolis, de Gotham City e de Paradise Island, prepare-se para a grande surpresa que está por vir em nossas publicações”, comenta Marco M. Lupoi, diretor de publicações do Grupo Panini.


segunda-feira, 13 de agosto de 2018

O que é preciso para fazer seu negócio dar certo?


Conheça sete segredos para tornar-se um empreendedor de sucesso

Dizem que não existe receita para o sucesso. Mas para empreender e fazer seu negócio dar certo, algumas características e atitudes podem ser essenciais. Se observarmos bem, os empreendedores bem-sucedidos têm alguns traços em comum que, em conjunto, podem ser considerados a chave para o sucesso. 

Confira:

1 – Pesquisa prévia e atenção constante

Nos últimos anos, o empreendedorismo tem sido cada vez mais incentivado. Mas antes de largar o emprego e correr atrás do seu sonho, é bom começar a pesquisar bem sobre o que deseja fazer.

Busque informações sobre o mercado, sobre a economia, sobre o público, sobre carências do setor, sobre os custos, sobre inovações na área, enfim, quanto mais informação puder juntar previamente, mais fácil fica começar a traçar seus planos. E após essa pesquisa prévia, você precisa continuar atento ao cenário macroeconômico, às movimentações do setor, à concorrência, etc.

Manter-se sempre alerta e bem informado é uma das características dos empreendedores de sucesso.

2 – Organização e planejamento

Ter um plano de negócio atualizado é uma condição básica para quem quer ter êxito como empreendedor. O dono da agência web Esperienza, Cassiano Antequeira, conta, por experiência própria: “Ele é essencial e me fez muita falta no começo. Hoje tenho mapeados todos os aspectos do negócio e posso me antecipar e solucionar os possíveis problemas antes que eles ocorram”.

Além de ser um bom guia para a tomada de decisões da empresa, esse tipo de documento denota organização e planejamento, comportamentos fundamentais para o sucesso de qualquer empresa.

3 – Dedicação e perseverança

O inventor Thomas Edison, certa vez, disse: “Eu não falhei. Só descobri 10 mil caminhos que não eram o certo.” A frase nos lembra da importância da dedicação e da perseverança frente às dificuldades (mantendo ainda o bom ânimo, como o inventor). Afinal, em qualquer empreendimento, sempre há obstáculos a superar e desafios a vencer.

Em todo caso, acreditar e ter paixão pelo que faz costumam ser grandes motivadores para manter a dedicação e perseverar em seus objetivos. Não é a toa que empreendedores de sucesso costumam ser aficionados pelo que fazem, mostrando-se confiantes e dedicando-se com afinco aos seus negócios.

4 – Persistência x teimosia

Saber ser persistente em suas metas e planos é importante. Mas persistir na busca do sucesso não quer dizer ser rígido e inflexível. Pelo contrário, também é preciso ter maleabilidade para mudar, para alterar as ideias preconcebidas e se adaptar quando necessário.

O jornalista Shane Snow (considerado um dos empreendedores mais inovadores com menos de 30 anos, pelas revistas Forbes e Inc.) recomenda a, diante de uma determinada situação problema, listar todas as suposições possíveis e, em seguida, questioná-las: e se não forem corretas? Outro conselho do empreendedor é abusar da simples pergunta “por que?”. Questionar por que as coisas são feitas de determinada maneira é também uma forma de romper com convenções e achar saídas inovadoras.

5 – Boas parcerias

Segundo o vice-presidente de fusões e aquisições do Buscapé, Ayrton Aguiar, ter um time coeso e afinado também é uma característica de empreendimentos bem-sucedidos. “É muito raro ver uma empresa de sucesso, na qual o fundador realize voo solo. Ele precisa ter gente de confiança com alto nível de comprometimento.”

Quando se reúnem bons parceiros, somam-se conhecimentos e habilidades, agregam-se novas ideias e multiplica-se a capacidade de realização de projetos.

Errar é humano. Mas assumir os próprios erros e conseguir aprender com eles é uma atitude típica de empreendedores de sucesso.

Os empresários Mariano Gomide de Faria e Geraldo Thomaz, criadores da Vtex (que oferece soluções para plataformas de e-commerce), reconhecem: “Nós erramos muito, mas persistimos durante sete anos, até que em 2006 descobrimos o nicho de mercado que nos trouxe até aqui”.

7 – Desafios e competições

O ser humano costuma ser bastante motivado por desafios. E para um empreendedor, isso é ainda mais importante. Conseguir inserir-se (e manter-se) em um mercado cada vez mais competitivo exige uma postura também competitiva por parte do empreendedor. Não é à toa que empreendedores bem sucedidos costumam dar grande valor a rivais de alto nível, que os estimulam a dedicar-se cada vez mais para superá-los continuamente.