Gráfica e Editora Moura Ramos: livros, revistas, embalagens, sacolas, agendas e impressos em geral.: Qual a diferença entre papel Reciclado e papel Reciclato? Google+

quinta-feira, 10 de maio de 2018

Qual a diferença entre papel Reciclado e papel Reciclato?

Resultado de imagem para papel reciclado
O papel reciclado e o papel reciclato são visualmente muito parecidos, porém seus processos de produção, textura e durabilidade são diferentes. 

Papel reciclado ou papel reciclato? 

Há tempos que o uso do papel reciclado vem sendo algo muito atrativo para empresa, artesãos e escritórios. O uso de papéis reciclados diminui os impactos causados no meio ambiente para a produção do papel branco que conhecemos e usamos comumente. 

Vale a pena experimentar o uso deles em seu dia-a-dia. No início do seu surgimento, o papel reciclado era um tanto grosseiro, muito texturizado, o que incomodava em seu uso diário, além de correr o risco das impressoras, de jato de tinta ou a laser, engasgarem com o papel. 

Contudo, o uso consciente de recursos naturais pegou de maneira muito forte, e hoje é sinônimo de bons modos na sociedade, o gerou mais procura pelo papel reciclado. Foi então necessário produzir um papel reciclado menos grosseiro, mais próximo do utilizado diariamente por nós, em gramaturas mais finas, capazes de receberem impressões comuns, tornando o reciclado, um papel mais útil para nós e consequentemente apoiando o maior índice de uso deste. 

Então surgiram os papéis reciclados de gramatura comum, como o sulfite, adotado como papel principal de muitas empresas que costumam necessitar da impressão de vários exemplares de documentações, protocolos e certificados, como escolas, faculdades, escritórios de advocacia, dentre outros. 

Faça sua parte, separe o seu lixo para reciclagem! 

Com o passar do tempo, o papel reciclado que conhecíamos mais grosseiro, tornou-se mais artesanal, usado em processos extremamente sem cunho de impressão, para capas de cadernos rústicos, blocos de anotações, dentre outros. Surgia então um novo mercado, o de papéis reciclatos. Diferentemente do processo usado para produzir o papel texturizado reciclado, o papel reciclato é o único produto de uma única empresa no Brasil, capaz de originar um papel totalmente, 100% reciclado, daí o nome diferenciado. 

Por ser totalmente reciclado e de produção consciente,o papel reciclato recebeu o selo FSC da Forest Stewardship Council, que em português significa Conselho de Manejo Florestal, que é a produção correta, manuseio adequado da madeira produtora de papel e fruto de reflorestamento. 

Embora seja totalmente produzido a partir de madeira de reflorestamento o papel reciclato é fruto de uma produção genuína e tem aspecto muito agradável aos olhos, por isso se deseja beleza, agregada ao uso consciente de bens de manufatura para a sua vida, o papel reciclato é uma ótima opção.